Estão abertas, até dia 18 de junho, as candidaturas para o programa de aceleração destinado a pessoas que queiram iniciar um negócio de comércio ou que tenham aberto um estabelecimento deste tipo há menos de um ano, em Lisboa.

O objetivo da Academia de Comércio de Lisboa, iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Lisboae desenvolvida pela SBI Consulting, em parceria com a Startup Lisboa, é apoiar pessoas com ideias de negócio inovadoras, que prometam dinamizar o comércio em Lisboa. O programa de aceleração vai permitir aos participantes trabalhar as tendências do futuro do comércio, explorando e aplicando conceitos inovadores de retalho, e também desenvolver competências de gestão de negócio (análise de mercado, finanças e marketing, entre outras). 

Vão ser selecionados 20 projetos, favorecendo aqueles que tenham ambição de fazer não só comércio de rua como também online. O programa, que vai decorrer em 20 dias intercalados, a partir de 23 de junho, vai acompanhar a conceção e desenvolvimento destes negócios, preparando-os para os riscos de arranque do negócio. As candidaturas devem ser feitas em www.academiadecomercio.org.

 

Trazer o futuro ao comércio de Lisboa

O programa de aceleração é apenas um dos três eixos de ação da Academia de Comércio de Lisboa. Depois desta primeira fase, a Academia de Comércio de Lisboa quer ajudar a integrar novos negócios na malha de comércio de Lisboa, ajudando ao intercâmbio de experiências entre os novos e os antigos comerciantes, para que se possam ajudar mutuamente.

Para conseguir este objetivo, no âmbito do segundo eixo, numa primeira edição, a Academia de Comércio de Lisboa vai trabalhar com os comerciantes do Beato, no sentido de os preparar para o impacto da instalação do novo Hub Criativo. Com uma lógica de respeito pelo conhecimento e saber fazer das pessoas que já têm negócios instalados nesta zona, a Academia de Comércio de Lisboa vai ajudar os proprietários a desenvolverem-se como empresários, a otimizar os seus espaços de loja e a trabalhar a viabilidade do seu modelo de negócio.

O terceiro eixo de ação da Academia de Comércio de Lisboa consiste num ciclo de quatro workshops para os comerciantes das Lojas com História, que tem como objetivo otimizar os investimentos no âmbito do fundo municipal existente para o efeito.

 

Paixão pelo comércio de rua e a experiência dos novos negócios

Este projeto nasceu pelas mãos de Marta Miraldes, managing partner da SBI Consulting quando, ao caminhar pela baixa de Lisboa, via que as pessoas e lojas que sempre foram referência não se mantinham por não conseguirem acompanhar os desafios do comércio de hoje. “Por outro lado, havia um outro grupo de pessoas com know-how sobre o futuro do retalho e com ideias inovadoras, mas que não conheciam as especificidades deste tipo de comércio de rua”, refere Marta. 

Familiarizada com o comércio da baixa, por ter crescido numa casa de comerciantes, Marta percebeu que havia aqui uma oportunidade: “tornou-se imperativo juntar estes dois grupos de pessoas para desenvolver a competitividade e a sustentabilidade do comércio em Lisboa.” Em 2015, concretizou-se o projeto piloto, com os comerciantes do Castelo de S. Jorge.

 

Sobre a Academia de comércio

A Academia de Comércio é uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Lisboa e desenvolvida pela SBI Consulting, em parceria com a Startup Lisboa e a Junta de Freguesia do Beato, e que tem como objetivo a revitalização do tecido comercial de Lisboa. Esta iniciativa conta com três eixos de intervenção: um programa de aceleração de novos negócios, um programa de apoio a comerciantes já instalados e sessões de apoio ao programa Lojas com História.

Redes Sociais da Academia de Comércio:

FACEBOOK: https://www.facebook.com/AcademiaComercioLisboa/

Para mais informações:

www.academiadecomercio.org