Startup Lisboa abre loja na Baixa para apoio a projetos de comércio

IMG_20170904_165457.jpg

A Startup Lisboa abriu esta semana uma loja na Baixa lisboeta para as startups na área do comércio, no número 86 da Rua da Prata, uma das principais artérias da zona de comércio tradicional da cidade. 
O espaço funciona como pop up store, tem cerca de 60 metros quadrados e uma vitrine, e servirá como ponto de venda temporário e partilhado pelas startups que pretendam testar ou potenciar a venda dos seus produtos no comércio de rua.

Os primeiros projetos que o público poderá conhecer são três marcas com produtos que vão ao encontro das mais recentes tendências de lifestyle e moda: Freakloset, Pop the Bubble e Vertty.

IMG_20170904_165153.jpg



A loja situa-se no espaço que foi até ao início deste ano uma agência do Montepio – banco que é uma das três entidades fundadoras da incubadora -, precisamente na porta ao lado do edifício de seis andares que a Startup Lisboa ocupa desde 2012 com espaços de trabalho para empreendedores.

A Startup Lisboa pretende desta forma reforçar o apoio às startups na área do comércio, cujos produtos possam tirar vantagem de canais de venda offline, complementando os canais de venda online que a maioria dos projetos incubados já possuem.

As principais destinatárias da loja, e a prioridade para a utilização do espaço, são as startups que são selecionadas para incubação pela Startup Lisboa e alumni, contudo sempre que o espaço esteja livre poderá ser alugado a outros projetos comerciais ou eventos como showrooms e lançamento de produtos, desde que se enquadrem no conceito de inovação da loja, através da plataforma Yoochai, startup que também integra o portfólio de incubadas da Startup Lisboa.

IMG_20170904_165948.jpg

 

Sobre as startups em loja durante o mês de Setembro:

A Freakloset é uma marca de calçado customizado que reveinta os modelos mais icónicos de calçado através do seu inovador software de customização, design minimalista, e ênfase no conforto.

A Pop the Bubble - lifestyle concept e-store  - é uma loja online de acessórios de lifestyle direcionada para pessoas criativas, urbanas e autênticas, que pretende ser uma referência, a nível global, no comércio online de produtos que se destacam pelo design contemporâneo e criatividade.
Com o objetivo de dar a conhecer objetos-de-desejo únicos e inspiradores, todas as peças da Pop the Bubble são cuidadosamente selecionadas, num trabalho de curadoria focado em disponibilizar as novidades mais inovadoras e criativas do mercado global, tanto emergente como já estabelecido.

A Vertty reinventou o conceito de toalha de praia. Inspirada na alma cosmopolita da cidade, criou um design único, transformando um objeto básica num acessório moderno. Com um forte foco no design, mas também centrada em "recursos", a toalha Vertty usa um material inovador chamado "Ketten" (90% algodão+ 10% de poliéster) que seca mais rapidamente do que uma toalha de praia normal e é 10% maior e 30% mais leve que um padrão. A toalha Vertty também apresenta um discreto bolso à prova de água nas suas toalhas. Toda a produção é feita à mão, em Portugal, e respeitando o certificado "Oeko-Tex Standard 100", o que significa que todos os materiais usados são inofensivos para o meio ambiente. A tinta usada nas toalhas é feita de erva marinha. Com um posicionamento internacional, a marca já exportou para mais de 40 países diferentes (da Coreia do Sul ao Peru).

Horário de funcionamento loja (Setembro 2017):
2.ª a 6.ª das 10h às 20h | sábados e domingos das 12h às 19h


Lisboa, 6 de setembro 2017

Eat, Pitch and Love

Eat, Pitch and Love

A tradição ainda é o que era e como tal a Startup Lisboa voltou a organizar o seu Demo Day anual para apresentar à comunidade os projectos que no último ano cresceram e se destacaram entre portas.

No futuro espaço do Hub Creativo do Beato investidores, imprensa, parceiros, mentores, amigos e fundadores da Startup Lisboa assistiram ao pitch de 22 novos projectos em busca do seu lugar ao sol. Como convidado de honra o Impact Generator teve a oportunidade de trazer a palco sete dos seus projetos.

Academia de Comércio abre candidaturas para programa de aceleração de projetos de comércio em Lisboa

Estão abertas, até dia 18 de Junho, as candidaturas para o programa de aceleração destinado a pessoas que queiram iniciar um negócio de comércio ou que tenham aberto um estabelecimento deste tipo há menos de um ano, em Lisboa. O objetivo da Academia de Comércio de Lisboa, iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Lisboae desenvolvida pela SBI Consulting, em parceria com a Startup Lisboa, é apoiar pessoas com ideias de negócio inovadoras, que prometam dinamizar o comércio em Lisboa. 

Startup Lisboa makes a partnership with Business Storm

Startup Lisboa makes a partnership with Business Storm

This 1st and 2nd of June 2017, in Lisbon, Portugal, something never seen before will happen. A storm will hit the city and will unite a unique mix of top international business and entrepreneurial minds along with 300 participants of various background during a disruptive business event.

Startup Lisboa launches Pitch Slam nights

Startup Lisboa draws inspiration from the Poetry Slam tradition to bring to the entrepreneurial universe one night a month when community members gather in a Lisbon bar and are invited to take the stage and practice their pitch. In Pitch Slam what matters is the performance and ability of story telling.

Está a chegar mais uma edição do BET24!

Este ano o concurso vai estar dividido em duas categorias: Hardware e Software. Sendo assim, as hipóteses de ganhar acabaram de aumentar! 
Para perceberes melhor o que é este challenge: 
Startup 2.0 - Challenge 2.0 tem como objetivo acelerar o desenvolvimento das startups já presentes no mercado e premiar aquelas que mais se destacarem pelo projeto, bem como pela evolução registada no decorrer da competição. 

Upframe: o novo programa de pré-aceleração powered by Startup Lisboa

Abrem hoje as inscrições para o novo programa de pré-aceleração dirigido a estudantes universitários e recém-graduados desenvolvido pela Upframe. São seis sábados que prometem trazer dinâmicas e processos essenciais para quem quer desenvolver um projeto, conjugados com sessões de mentoria durante a semana.

Criado em colaboração com mentores de renome, o programa Upframe, com molde pré-aceleração,  é promovido pela Startup Lisboa e contempla 30 horas intensivas de formação, juntando estudantes de diversas áreas que pretendam dar os primeiros passos no mundo do empreendedorismo e desenvolver soluções com uma componente digital para problemas com efeitos à escala global.  
As candidaturas poderão ser feitas on-line desde 20 de março a 7 de abril. 
O programa, que irá decorrer nas instalações da Startup Lisboa na Rua da Prata, terá início a 19 de abril com o Welcome Day e finaliza com a apresentação final dos projetos desenvolvidos. 
As sessões serão administradas em inglês com o seguinte programa:

Welcome Day: (19/04)
1ª Sessão - User Research: (22/04)
2ª Sessão - Collaborative Design: (29/04)
3ª Sessão - Business Model Canvas: (6/05)
4ª Sessão - Minimum Viable Product: (13/05)
5ª Sessão - Channels & Customer Relationships: (20/05)
6ª Sessão - Sales & Presentations: (27/05)

Malik Piara, 19 anos, Co-fundador da Upframe, afirma que "por experiência própria sei que nós jovens temos muitas ideias mas não as ferramentas base para fazer arrancar um negócio. Foi neste contexto que desenvolvemos a Upframe: para ligar aspirantes a empreendedores a mentores, startups, incubadoras e aceleradoras, de forma a otimizar recursos muitas vezes valiosos e que normalmente são desperdiçados.

Também Miguel Fontes, CEO da Startup Lisboa explica que “Somos muitas vezes contactados por jovens que estão a considerar criar o seu próprio negócio após a faculdade, mas não sabem por onde começar e precisam de ferramentas e orientação para poder iniciar o seu percurso. A Upframe, que está sediada na Startup Lisboa, pareceu-nos um parceiro ideal para promover uma pré-aceleração intensiva que poderá, com a ajuda de empreendedores com experiência, ajudar muitos desses jovens a mais tarde criarem a sua empresa. Esta é também a nossa forma de ajudar o ecossistema a crescer e promover cada vez mais projetos de qualidade”.

Desta forma, a Upframe disponibiliza 18 vagas para pessoas com uma mentalidade aberta, muita ambição e motivação. Não é necessário a existência de um projeto pré-definido nem se aceitam candidaturas em equipa já formadas.

Caso seja este o perfil, o candidato pode inscrever-se em: 
www.upframe.co
Após avaliadas as candidaturas, a última fase do processo será via Skype.

Os selecionados serão acompanhados por uma rede alargada de mentores, como Inês Santos Silva (Startup Pirates) e Paulo Gonçalves (ex-Spotify, actualmente na Uniplaces), vindos das mais conceituadas empresas do mundo como a Tesla (Colin Gillinghan), Seedrs, Talkdesk entre outras. Partindo de uma abordagem multi-disciplinar, especialistas em marketing, produto, desenvolvimento e design trabalharão no desenvolvimento do negócio, focado na pesquisa, interação e resolução de
problemas. 

A primeira edição do programa terá o custo de 150 euros, com um preço especial de 90 euros para quem se candidatar até 01 de Abril. Para mais detalhes, é consultar o FAQ da Upframe também disponibilizado no site. 
 

PARA MAIS INFORMAÇÕES E IMAGENS, POR
FAVOR CONTACTE:
Sara Seabra Diniz
T: +351 918 425 547
E: sara.diniz@doctorspinpr.com

Apresentação da obra Indústrias do Futuro

Apresentação da obra Indústrias do Futuro

O Grupo Almedina e a Startup Lisboa lançam o debate sobre a economia mundial e as suas drásticas mudanças nos próximos 20 anos, tendo como mote a apresentação da obra Indústrias do Futuro, da autoria de Alec Ross.

Portuguese Government announces “Startup Visa”

Portuguese Government announces “Startup Visa”

The Portuguese Government announced today a “Startup Visa” for Indian Entrepreneurs wishing to launch their startups in Portugal and also aimed at graduates in Engineering and ICT. The “Startup Visa” is designed to facilitate the access to Portugal and the concession of work and resident permits for these specific categories of applicants for visas.