Parte de uma necessidade sentida pelos, então estudantes da Les Roches International School of Hotel Manegement, em Marbella, Gustavo Martins e João Graça, fundadores da aplicação que visa o desenvolvimento do ensino e expansão da indústria hoteleira. Mais tarde, Miguel Santos, também ex-estudante da Les Roches, entra no capital da empresa como Partner.

Conscientes das dificuldades estudantis, estes jovens pretendem reformular a industria hoteleira. Do ensino ao recrutamento, passando ainda pelo desenvolvimento de softskills, esta ferramenta desafia os tradicionalismos e aposta na inovação que em muito irá dar resposta ao crescimento do turismo que se tem verificado de ano para ano, a nível mundial. 

Nesta plataforma os alunos poderão pedir aconselhamento a experts de todo o mundo: assuntos que poderão ir desde orientação profissional/académica a dúvidas relacionadas com o ramo. Oportunidades de emprego e estágio são também outro potencial benefício desta comunicação privilegiada que a plataforma explora entre jovens e mentores.

Como funciona? A Connective pretende vender packs de créditos (1 crédito= 1 euro) às universidades que posteriormente os distribui pelos estudantes para que possam comunicar com os mentores através de videochamadas (1 minuto=1 crédito). Caso não se justifique uma chamada, a plataforma também permite o envio de mensagens (0,5 créditos). 

Ao contrário do LinkedIn, a Connective assegura a resposta aos contatos feitos devido ao compromisso de até 3 dias úteis de resposta. De maneira a que se garanta a sua eficácia, estão previstos castigos e até expulsão caso se verifique o incumprimento das regras previstas, “queremos que o compromisso entre as 2 partes seja o nosso maior pilar”, explica João. Existe ainda o sistema de classificação 1-5 estrelas, tanto no caso dos estudantes como no caso dos mentores, que permite um ranking para uma melhor seleção na triagem de contactos a efetuar. 

No âmbito duma parceria com a Les Roches International School of Hotel Management, a Connective oferece aos alunos melhores colocados dentro da plataforma a oportunidade de frequentar cursos de Verão nas escolas deste grupo, tanto na Suiça como no Sul de Espanha.

Conquistar o mercado Suíço e Chinês são dois dos próximos passos da plataforma, que conta com mais de 150 mentores para o arranque. Atualmente com 4 elementos a full-time, a Connective prevê acabar o ano de 2017 com 200 mentores e 1000 alunos registados na plataforma.

 

SOBRE

A Connective surge em 2017 como a plataforma potenciadora da Indústria Hoteleira explorando o contacto entre peritos no ramo e jovens. Conta já com 150 mentores para o arranque e prevê acabar o ano com 1000 alunos registados.

 

Redes Sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/connectivelife/

 

Para mais informações por favor consultar:

https://www.connective.com.pt